• Área do aluno
  • Entre em contato conosco:

    (11) 2275-6424 / 5594-2821 | (11) 96312-0874

Introdução à Neurociência da Calatonia - Palestra

Quando minha mente divaga, eu encontro meu eu interior!


Aumente seu repertório profissional, conhecendo uma técnica revolucionária que propicia bem-estar e diminuição de sintomas físicos dos seus pacientes, e ao mesmo tempo leva a um estado mental criativo, agradável, e de insight, que ajuda o paciente a observar sensações, pensamentos e emoções difíceis de acessar através do verbal.   
Entendimento de processos neuro-cognitivos e neuro-psicológicos fundamentais para a prática clínica moderna-atual e em vários contextos da saúde e educação.


O sucesso da Calatonia explicado a partir de hipóteses sobre suas bases neurocognitivas inovadoras.

Consulte Condição de Pagamento
Fechar

Conteúdo bloco condicao-de-pagamento.

R$ 89,00
 

INÍCIO: 18 JUNHO 2019                                                HORÁRIO: 19H00 ÀS 22H30

Calatonia foi a primeira (mundialmente) técnica somática-psicológica criada para tratar trauma, e atualmente, ela é provavelmente a mais inovadora e global, de acordo com as recentes descobertas da neurociência.

Criada por Pethö Sándor, um médico húngaro que trabalhou como psicólogo junguiano em São Paulo, depois de ter tratado refugiados de guerra e sobreviventes do pós-guerra durante e após a Segunda Guerra, na Alemanha. 
Ele criou um conjunto de técnicas que chamou de Toques Sutis, nas quais se inclui a Calatonia.

A Calatonia facilita o paciente entrar em contato com a dinâmica organizadora do Self através do próprio corpo e da auto-observação durante a técnica, e com a aplicação regular da Calatonia esse processo criativo da auto-observação e da auto-regulação fisio-psíquica vai espontaneamente gerando novos caminhos mais integrados e saudáveis.

Embora muitas vezes caminhos mais difíceis – por isso é preciso fortalecer o paciente primeiro – a partir da base corporal também.

Essa sintonia estabelecida com o paciente através do trabalho não-verbal com toque, ritmo, e regulação diádica aumenta a confiança do paciente, pois é uma acolhida que não julga, mas apoia e sustenta, e ao mesmo tempo propicia bem-estar – o bem-estar é a forma mais básica de consciência corporal e sensação de fortalecimento (Damásio, 2003).

O terapeuta terá acesso a uma técnica moderna da integração somática cuidadosa e sem contraindicação, que leva o paciente para uma dinâmica terapêutica mais profunda, de quatro dimensões experienciais, física, emocional, cognitiva e espiritual (transpessoal, Self de Jung), enquanto que a dinâmica oferecida pelo contexto apenas verbal e analítico-cognitivo é apenas bi-dimensional, cognitiva-emocional.  

Essa incrível palestra mostrará as hipóteses de como a Calatonia potencialmente ativa os circuitos motivacionais, de interesse e atenção; como ela promove a regulação do próprio cérebro e também do sistema nervoso autônomo, e como ela produz material psicológico relevante para a terapia, que pode ser trabalhado no contexto verbal, artístico (arte-terapia), ou através de sonhos, fantasias, imaginação ativa, etc. 

Damasio, A. (2003). Mental self: the person withinNature 423:227 10.1038/423227ª 

Programação 

A calatonia e o reflexo de orientação como reorganizado da motivação

A calatonia e os processos mentais da conectividade das redes neuronais do estado de repouso

A calatonia e o estimulo dos receptores da pele dos sistemas afetivo e discriminativo

Divagação mental e os processos de auto-consciência: a sua prática clínica acompanha os desenvolvimentos da neurociência cognitiva?

Veja como a Calatonia incorpora processos mentais significativos há 50 anos, processos que só agora foram entendidos e reconhecidos pela neurociência

Público alvo

Profissionais da saúde e educação, pedagogos, psicomotricistas, psicólogos, psiquiatras, médicos, fonoaudiólogos, terapeutas corporais, ocupacionais, terapeutas de idosos e pacientes terminais, fisioterapeutas, massagistas, acupunturistas, homeopatas, naturopatas e interessados no assunto.

Palestrante:

Anita Ribeiro Blanchard

Psicóloga (PUC/SP, 1980), Mestrado em Saúde Mental (Nova Southeastern University, US, 1997), Doutoranda pela Universidade de Barcelona (Depto de Psicologia, Cérebro e Cognição, 2021); Credenciada pela British Psychological Society (Reino Unido) como Chartered Counselling Psychologist; Licensiada na Flórida como Psicoterapeuta; especialista em EMDR I, II, e III (2009); especialista em trauma infantil e de adultos (Kids In Distress, Inc, EUA, e The Oxford Stress and Trauma Centre, RU), e facilitadora de treinamento em Calatonia e Toques Sutis para a equipe do The Oxford Stress and Trauma Centre (RU). Formação em Toques Sutis e Calatonia, e teoria junguiana com Pethö Sándor, de 1980 a 1991.   

Data: 18 de junho
Horário: 19h00 às 22h30
Local: Rua Luis Gois 1205 1º andar perto metrô Santa Cruz
Investimento: R$ 89,00

A calatonia e o reflexo de orientação como reorganizado da motivação

A calatonia e os processos mentais da conectividade das redes neuronais do estado de repouso

A calatonia e o estimulo dos receptores da pele dos sistemas afetivo e discriminativo

Divagação mental e os processos de auto-consciência: a sua prática clínica acompanha os desenvolvimentos da neurociência cognitiva?
Veja como a Calatonia incorpora processos mentais significativos há 50 anos, processos que só agora foram entendidos e reconhecidos pela neurociência

  

Data: 18 de junho
Horário: 19h00 às 22h30

Local: Rua Luis Gois 1205 1º andar perto metrô Santa Cruz
Investimento: R$ 89,00

avaliação do curso

compartilhe o curso